Ratos

rato-m-20110203-150x150

Rato é o nome pelo qual são chamadas os mamíferos roedores da família Muridae, ordem Rodentia. Essa família é composta por aproximadamente 650 espécies, que são classificadas em torno de 5 ou 6 subfamílias e cerca de 140 generos. Nas regiões urbanas, são comuns três espécies de ratos da família Muridae:

Camundongo (Mus musculus)

Habita o solo, mas tem capacidade de escalar. Adulto, pesa em média 30 gramas e alimenta-se de pão, queijo e outros, bebendo pouquíssima água. Costuma construir seu ninho em móveis ou em pequenos orifícios, principalmente na cozinha. Possui hábitos noturnos e explora um raio de 9 metros de seu ninho.

Ratazana ou rato de esgoto (Rattus norvegicus)

Habita o solo, mas tem habilidades como nadar e escavar. Adulto, pode pesar de 250 a 600 gramas, com 18 a 25 cm de comprimento. Alimenta-se de raízes, cereais, lixo e carne e bebe até 30 ml de água por dia. Sua cauda é peluda e grossa, podendo medir de 15 a 21 cm. Vive em galerias de esgoto, em lixões e na beira de rios e córregos. Explora até 40 metros em torno de seu ninho. Vive em média 24 meses, podendo se reproduzir após 75 dias de vida, aproximadamente. A gestação dura em média 23 dias, sendo que em cada ninhada nascem entre 8 e 12 filhotes.

Rato de telhado ou rato preto (Rattus rattus)

Habita acima do solo e possui habilidades para equilibrar-se e escalar. Adulto, pode pesar de 80 a 300 gramas, com 16 a 21 cm de comprimento. Alimenta-se de frutas, cereais, raízes, insetos e legumes, e bebe até 30 ml de água por dia. Vive em áreas portuárias, em depósitos, armazéns e nos forros das casas. Seus ninhos normalmente são em sótãos, sacarias e porões de navios. Explora até 60 metros em relação a seu ninho. Vive em média 18 meses, podendo se reproduzir após 65 dias de idade, aproximadamente. A gestação dura em média 21 dias, sendo que em cada ninhada nascem entre 7 e 12 filhotes.

Essas três espécies de ratos têm hábitos noturnos e uma grande capacidade de adaptação o que torna possível a sobrevivência dessas espécies em diversas condições de ambiente.

Os ratos são portadores e podem ser hospedeiros de várias doenças transmissíveis ao homem, como aleptospirose, tifo, peste, febre por mordedura e hantavírus.